LOADING

Já segue a gente?

Exposição “Rá-Tim-Bum, O Castelo” vai até 2018 em SP
setembro 25, 2017|Fun.Outras RegiõesSão Paulo

Exposição “Rá-Tim-Bum, O Castelo” vai até 2018 em SP

Exposição “Rá-Tim-Bum, O Castelo” vai até 2018 em SP

Ao ler que “Rá-Tim-Bum, O Castelo” prorrogou sua exposição em São Paulo, ganhando uma ‘temporada’, me lembrei do perrengue que eu e a Juliana passamos para ver ela. Juliana e eu passamos a infância assistindo ao Nino e sua trupe no Castelo Rá-Tim-Bum e era claro que iríamos visitar a exposição quando ela surgisse, mesmo ainda sendo crianças e não entendendo nada desse mundo cultura. Passaram-se anos e então, pela primeira vez, surgiu essa exposição, no Museu da Imagem e do Som – MIS, em São Paulo. Nós tentamos de todos os jeitos comprar ingressos e nada. Fomos, inclusive, de madrugada certa vez. Quase 3 da manhã e uma fila dobrava a esquina na Av. Europa. Tentamos entrar e claro, não conseguimos!

Então, passeando pelo Rio de Janeiro no final de 2015, em nosso último dia na cidade, descobrimos que a exposição estava no Centro Cultural do Banco do Brasil, no centrão do Rio. Era nossa chance. E adivinha… 3 horas depois de fila, conseguimos! Ficamos bobos com tamanha perfeição de tudo. Parecia que estávamos vivendo o seriado.

Essa exposição fez e faz tanto sucesso que, mesmo já tendo sido montada em SP uma vez, montaram novamente, só que agora, com um Castelo de verdade. Segundo informações que andei lendo, mais de 600 mil pessoas já visitaram a exposição desde sua abertura, em março deste ano. Uma loucura!

Tamanho sucesso só fez, claro, que a organização prorrogasse o fim. Agora, para você que ainda não viu ou então, quer ver novamente, com Castelo e tudo, a exposição “Rá-Tim-Bum, O Castelo” vai até fevereiro de 2018, no Memorial da América Latina, na Barra-Funda, em São Paulo.

Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Eles podem ser comprados nas bilheterias do Memorial ou pelo site oficial do Castelo Rá-Tim-Bum.

Veja um pouco do que ver na Exposição:

no comments
Share

Júlio Frutuoso

Digo ser comunicador, afinal, o que é um jornalista senão isso? Também sou apaixonado por muitas outras coisas, como gastronomia, fotografia, e também pelo Palmeiras. Dedicado? Somente a Sra. Juliana Frutuoso.